A era 4.0 nos remete a questões inovadoras, tecnológicas e digitais. E Isso, não é diferente para a formulação. Para explicar melhor o que é formulação 4.0, responda: qual é o transporte mais seguro e rápido do planeta? Certamente você vai acertar e responder que é o avião. Mas, porquê? Pense no painel de um automóvel e o compare com o painel do cockpit de avião. Você agora deve estar conseguindo ter uma ideia se baseando na diferença e complexidade dissonantes entre eles: informação através de indicadores. Quando falamos em formulação 4.0 estamos trazendo exatamente a mesma ideia. O conceito é levar para as fazendas leiteiras a possibilidade de combinações de dados que ofereçam mais segurança e assertividade no voo das fazendas e, hoje isso é possível através do CoreDiet.

O CoreDiet é um sistema de apoio para tomada de decisões técnicas, econômicas e estratégicas em formulação para bovinos de leite. Ele foi desenvolvido pelo Campus de Inovação da Cargill Nutrição Animal há 25 anos, aproximadamente, e está em constante aperfeiçoamento, recebendo entre 2 a 4 atualizações anuais, fazendo com que o consultor de formulação tenha as informações mais recentes para atender o produtor de leite.

Todos nós sabemos que as margens da atividade leiteira vem caindo ao longo dos anos e este “velho normal”, vai continuar no pós COVID-19. Também não é novidade que a alimentação dos animais é o fator que mais interfere no custo de produção do leite. Sem sombra de dúvidas o consultor de nutrição das fazendas leiteiras será o braço direito do produtor de leite e, ao mesmo tempo, aquele que vai sofrer maiores pressões em épocas de crise.

Por outro lado as fazendas leiteiras vão procurar consultores de nutrição cada vez mais capacitados e com ferramentas diferenciadas para não somente executar o serviço de formulação, mas para trazer alternativas de novos ingredientes, ajudar no planejamento estratégico, introduzir um pensamento mais sistêmico e analítico. Este será, cada vez mais, o “novo normal”.

Um dos pontos que mais me entusiasma de falar no CoreDiet é a capacidade que ele oferece em ajudar a melhorar o negócio e a produtividade através de análises paramétricas, relatórios econômicos, relatório de inventário e mais de 75 indicadores para ajudar o técnico na tomada de decisão. Isso mesmo, mais de 75 indicadores no painel de controles do sistema.

Outra particularidade são os modelos de requerimento: modelo de transição (pré e pós-parto para nulíparas e multíparas), modelo de lactação para vacas a pasto, modelo de lactação para vacas com pouca forragem (em situações de estiagem), modelo de lactação para animais confinados e semiconfinados e modelo para gado jovem. Se não bastassem estas diferenciações, o nutricionista tem mais de 300 nutrientes, frações nutricionais ou inputs para avaliar.

Para exemplificar como estes indicadores podem ser úteis, vou falar um pouco sobre o “índice de saúde ruminal (rumen health index). Hoje é possível que você formule fixando a quantidade de tamponante em gramas/vaca ao dia, ou como um percentual da ingestão de matéria seca, certo? Você provavelmente não tem tempo para ficar olhando se esta dieta tem 23% ou 29% de amido! O que acha de deixar o tamponante livre na dieta e o sistema buscar a quantidade deste item que o lote de animais realmente precisa? Essa pequena mudança pode representar uma importante economia ao longo do ano.

No início da última década, tive a oportunidade de participar inúmeras vezes do evento Novos Enfoques em Uberlândia e foi provavelmente na edição de 2014 que o Dr. Randy Shaver abordou que a digestibilidade do amido da silagem de milho aumentava com o aumento no tempo de armazenagem no silo. Em 2012, o CoreDiet já tinha este ajuste nos seus modelos. Este ponto, mostra a vanguarda do CoreDiet e, como ele pode se ajustar sendo munido com informações da fazenda, oferecendo melhores dados sobre o conteúdo nutricional real dos alimentos.

E os ajustes on farm não param por aí. Você pode incluir as informações das peneiras do Shaker Box da Penn State University para determinar o FDN fisicamente efetivo da dieta em uso e, ainda, comparar com as informações dos ingredientes em separado, permitindo uma avaliação precisa do efeito do vagão TMR no processamento da dieta.

Em outras palavras, existe uma série de decisões que tanto o produtor quanto o consultor de nutrição precisam tomar no seu dia-a-dia, e que podem ser respondidas ou pelo menos melhor esclarecidas com o uso do CoreDiet como ferramenta de tomada de decisão. Além destas, outras perguntas também podem ser respondidas pelo CoreDiet, são elas:

  1. O que você acha sobre colocar todas as dietas dos lotes da fazenda e em poucos cliques calcular a demanda por ingredientes para os próximos 365 dias?
  2. O que você acha de ter um sistema de formulação que lhe ajude não somente predizer a produção por energia e aminoácidos, mas que mostre a tendência na variação de gordura e proteína do leite?
  3. O que você acha de inserir os valores da tabela de pagamento de leite no sistema para ter uma visão mais precisa do ajuste de dietas na resposta econômica da fazenda?
  4. O que você acha de ter um sistema que possibilita escolher entre a dieta que entregue a melhor RMCA (receita menos custo de alimentação) ou o menor desembolso em períodos caixa curto?

Enfim os benefícios do CoreDiet são inúmeros. De uma maneira geral, o produtor que é atendido por um Consultor de Nutrição que usa o CoreDiet pode ter a certeza de que ele vai ter a dieta que entrega o melhor resultado econômico para seu rebanho. Já o Consultor de Nutrição vai ter uma ferramenta de apoio que certamente vai diferenciá-lo como profissional dentro do mercado, passando por treinamentos de capacitação com profissionais extremamente qualificados e renomados.

Quer saber mais sobre ele, entre em contato conosco.

 

 

Sobre a Nutron

A Nutron, marca de nutrição animal da Cargill no Brasil, é especialista e líder em soluções inovadoras de produção animal, por meio de desenvolvimento de núcleos, premixes e especialidades para os segmentos de aves, suínos, peixes, pets, bovinos de leite e de corte, além de suplementos para criação de gado a pasto. Há mais de 20 anos, a marca sempre atuou próxima ao produtor para atender sua demanda com conveniência, qualidade e segurança, contribuindo com a prosperidade nos negócios de cada cliente. A companhia também promove ações socioambientais nas comunidades onde está inserida, pois considera ser seu dever atuar de maneira responsável para o desenvolvimento e crescimento sustentável de toda a cadeia produtiva do agronegócio. www.nutron.com.br.

Sobre a Cargill

Os 160 mil funcionários em 70 países trabalham para atingir o propósito de nutrir o mundo de maneira segura, responsável e sustentável. Todos os dias, conectamos agricultores com mercados, clientes com ingredientes e pessoas e animais com os alimentos que precisam para prosperar. Unimos 154 anos de experiência com novas tecnologias e insights para sermos um parceiro confiável aos clientes dos setores de alimentos, agricultura, financeiro e industrial em mais de 125 países. Lado a lado, estamos construindo um futuro mais forte e sustentável para a agricultura. No Brasil desde 1965, somos uma das maiores indústrias de alimentos do País. Com sede em São Paulo (SP), estamos presentes em 17 Estados brasileiros por meio de unidades industriais e escritórios em 147 municípios e 11 mil funcionários. Para mais informações, visite www.cargill.com e a central de notícias.

 

 

 

 

COMPARTILHE:


Versão de Impressão Versão de Impressão