Na época das águas existem alguns desafios visualizados por muitos pecuaristas, que acabam optando por manter a suplementação mineral tradicional/básica em vez de adotar outros programas nutricionais. Nesse sentido, o produtor normalmente evita utilizar novas tecnologias e/ou suplementos de maior consumo em sistemas de pastagem – momento em que é possível potencializar o ganho de peso dos animais – pelo fato de dificuldades que envolvem questões operacionais, estruturais (cochos e armazenagem) e logísticas dentro da propriedade.

Suplementação na Época das águas

Certamente, investir em suplementação diferenciada durante o período das águas requer avaliação e atenção dos envolvidos no processo, principalmente quando o objetivo primordial é buscar novas alternativas, sejam elas técnicas e/ou econômicas. O uso de novas tecnologias, como a suplementação aditivada de bovinos durante a época das águas, permite elevar o desempenho dos animais a pasto, e assim, alcançar ganhos de pesos adicionais em relação aos obtidos com o uso de suplementos minerais tradicionais.

A adoção de novas tecnologias, como os aditivos e suplementos minerais específicos, permite que os animais potencializem o uso das forragens, por meio da melhor degradação da porção fibrosa (FDN) dos pastos e otimizem a fermentação ruminal, convertendo tudo isso em ganho de peso adicional superior a 100 gramas por dia.

Esses benefícios podem ser obtidos com o uso de suplementos minerais aditivados de baixo consumo, cuja utilização demanda pequenas mudanças em relação à suplementação mineral tradicional, principalmente no que se refere ao dimensionamento de cochos e as questões logísticas e operacionais dentro da fazenda.

Desempenho de Bovinos no Período das águas

O desempenho de bovinos que recebem suplementos minerais aditivados de baixo consumo é próximo ao obtido com o uso de suplementos de maior consumo. Por exemplo, os proteinados ofertados durante a época das águas (em que se fornece aproximadamente 300 gramas de suplemento por dia para um garrote de 300 kg de peso vivo) necessitam de grandes ajustes em termos de área de cocho, logística e operacional para o uso correto.

Com o objetivo de atender essa necessidade dos produtores, a Cargill Nutrição Animal – Nutron desenvolveu recentemente o produto Probeef Pasto Bom TOPMOST para a recria de bezerros durante o período das águas, que contém o que há de mais inovador em nutrição de bovinos de corte a pasto, além de grande praticidade de uso. O consumo para um garrote de 300kg será de aproximadamente 150g por dia, proporcionando aos produtores uma grande opção para elevar o ganho de peso dos animais. O intuito é encontrar uma tecnologia superior em comparação com o suplemento mineral tradicional.

A adoção de suplementos minerais aditivados, apesar de aumentar o custo diário da suplementação dos animais em recria, proporciona aumento de receita, uma vez que com o ganho de peso adicional são produzidas mais arrobas para serem vendidas. Uma análise econômica poderá indicar a viabilidade destas mudanças e, para exemplificar, utilizamos alguns dados gerais, como custos nutricionais médios e um valor de venda de R$ 135,00 por arroba. Neste exemplo, é necessário um ganho adicional de 40 gramas por dia para pagar o investimento, sendo este um desafio bem inferior ao potencial de ganho adicional que o Probeef Pasto Bom TOPMOST proporciona.

Considerando ainda estes mesmos parâmetros, ao final de 6 meses de recria, serão produzidos cerca de 0,6 arrobas a mais por animal, em que descontando a diferença de investimento com a nova tecnologia, resulta em um faturamento adicional de aproximadamente R$ 50,00 por animal para o produtor.

Outro grande benefício além de suplementar na época das águas é a oportunidade de aumentar o peso dos animais na fase de recria e, desta forma, encurtar o período de engorda/terminação em confinamento ou a pasto, trazendo vantagens no custo de produção e rentabilidade para o pecuarista.

Não deixe para o próximo ano a oportunidade de elevar a lucratividade da fazenda por meio de maior ganho de peso em sua recria. Pequenos ajustes combinados com a adoção desta tecnologia proporciona ganho de peso adicional e aumenta o peso dos animais ao final da recria. É preciso lembrar que mais peso dos animais significa mais dinheiro no bolso!

Para obter sucesso na adoção de novas estratégias nutricionais para as águas, é sempre recomendável realizar avaliações técnicas e econômicas criteriosas. A Cargill Nutrição Animal tem à sua disposição técnicos capacitados e prontos para realizar atendimentos especializados e, dessa maneira, potencializar sua produção e maximizar o lucro da propriedade.

COMPARTILHE:

Conheça Probeef a linha de suplementação em pasto da Nutron e acompanhe as novidades na página da Probeef no Facebook



Versão de Impressão Versão de Impressão